segunda-feira, agosto 25, 2014

O amor é um jogo perigoso: Por Sam Rodrigues

Por Sam Rodrigues

Todo o tempo que passamos juntos não serviu pra você me conhecer, nem ao menos pra você nos conhecer. Você não sabe que nosso cantor era o Lulu Santos e que eu amava ir aos shows dele ao seu lado, que cada musica se encaixa em uma parte da nossa história e que agora dói ouvi-lo cantar. Você infelizmente não se lembra que fui eu que te dei aquele cartão do Pato Donald's com um recadinho fofo, mas eu lembro perfeitamente de quando você o jogou em uma caixa velha misturando-o a todos os outros cartões de ex-namoradas. 


Você diz que não conhece a musica do Nando, mas eu mandava toda semana um vídeo tocando e cantando ela. Você não sabe que compartilhamos o filme predileto – efeito borboleta. Você não sabe o quanto eu me sinto bem na água. Você não me conhece em nada. Eu passei na sua vida como um vento manso e só balancei de leve as cortinas. Você foi um furacão. Você levou meu teto e meu chão, me deixou sem ter pra onde ir, com uma mala imensa cheia das memórias que não fez questão de guardar. 

As nossas memórias, lembranças de um passado tão nosso, tão inocente, tão doce... tão solitário visto daqui. Mas o tempo vai se encarregar de apagar tudo isso em mim, todos aqueles dias de um verão passado, abraçados esperando a onda chegar, irão se tornar cada vez fotografias mais apagadas, até sumirem de vez. E o dia que eu esquecer o quanto te achava a pessoa mais linda do mundo todo molhado pulando na água com os cílios loiros brilhando no sol vai ser muito triste.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...