terça-feira, agosto 26, 2014

Estudos desmentem a “barriga de chopp”

A cerveja não é tão culpada assim quando o assunto é acúmulo de peso, é o que dizem estudos da Faculdade de Medicina de Astúrias, província da Espanha, e da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos. Eles apontam que o consumo diário e moderado não faz engordar e pode trazer benefícios como a redução do risco de diabetes e de hipertensão.

Em média, 100 ml de cerveja têm apenas 45 kcal, valor que representa 3,6% da quantidade calórica diária indicada para os homens e 4,5% da sugerida para as mulheres. Portanto, quando consumida moderadamente e aliada à prática de atividade física, a cerveja não parece ser responsável pelo acúmulo de gordura na região do abdômen.

O teste, realizado em 1.249 participantes, homens e mulheres com mais de 57 anos, que pela idade têm um maior risco cardiovascular, confirmou que a cerveja é saudável, segundo os autores. A bebida fornece uma quantidade de ácido fólico, vitaminas, ferro e cálcio maior que outras, e provoca um efeito "protetor" sobre o sistema cardiovascular.

A dose recomendada pelos médicos é de dois copos diários para as mulheres e de três para os homens, com comidas equilibradas e sempre que as pessoas tiverem uma vida normal, praticando algum exercício. Segundo um dos médicos da pesquisa, Ramón Estruch, do Serviço de Medicina Interna do Hospital Clínic, "manifestaram consumir uma maior quantidade de verduras, legumes, pescado, cereais e azeite de oliva, e realizar uma maior atividade física", indicou. 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...