quarta-feira, fevereiro 26, 2014

‘’O Pequeno Príncipe’’ deveria ser leitura obrigatória | Por Victória Felisbino

Olá bonitos! Aqui estou eu de volta para dar mais uma dica de leitura a vocês. Hoje irei falar de um livro que em minha opinião deveria ser leitura obrigatória. Estou Falando de ‘’O Pequeno Príncipe’’. Sim, é um livro infantil, mas como eu sempre digo: Não importa a idade que você tem, sempre que ler o Pequeno Príncipe você ira tirar uma lição.

O livro foi escrito pelo escritor francês Antoine de Saint-Exupéry ele sempre foi um apaixonado por aviação, escreveu algumas obras e artigos mas não foram tão conhecidas, O Pequeno Príncipe foi a que mais fez sucesso. Nesse livro conta a história de um menino que com apenas seis anos de idade resolve deixar de ser pintor depois que os adultos não conseguiram compreendem um dos seus desenhos e resolve assim virar piloto de avião, o garoto percorre o mundo até que seu avião entra em pane no deserto do Saara e ai entra a famosa figura do pequeno príncipe.

O Príncipe mora em um pequeno planeta, o Asteróide B 612 junto com a sua rosa. A história vai se tornando cada vez mais cativante quando o Pequeno Príncipe conta suas aventuras e planetas que havia conhecido, nesse momento é que as lições de moral entram pois em cada planeta mostra a personalidade de diferentes pessoas adultas e o modo que se comportam que nos faz refletir sobre os nossos próprios comportamentos. O que mais me surpreende é que apensar do livro ter sido escrito por um adulto, possui toda a inocência de uma criança e mostrando que elas muitas vezes possuem muito mais conhecimento e praticidade que um adulto. Um foto curioso é que a história é narrada pelo aviador que não possui nenhum nome e nenhuma aquarela no livro, assim faz com que o leitor se coloque no lugar do garoto.
Bem, esse é o meu livro preferido e recomendo a todos lerem e aos que já desfrutaram dessa leitura, relerem pois tenho certeza que ira tirar algo de bom novamente pois esse livro faz com que todos voltem por um momento a ser crianças novamente. 

E agora para finalizar, meu trecho preferido do livro:

-O que quer dizer cativar? 
- É uma coisa muito esquecida, disse a raposa. 
Significa criar laços... 
- Criar laços? 
- Exatamente, disse a raposa. Tu não és para mim senão um garoto inteiramente igual a cem mil outros garotos. 
E eu não tenho necessidade de ti. 
E tu não tens necessidade de mim. 
Mas, se tu me cativas, nós teremos necessidade um do outro. Serás pra mim o único no mundo. E eu serei para ti a única no mundo... 
Mas a raposa voltou a sua ideia: 
- Minha vida é monótona. E por isso eu me aborreço um pouco. Mas se tu me cativas, minha vida será como que cheia de sol. Conhecerei o barulho de passos que será diferente dos outros. Os outros me fazem entrar debaixo da terra. O teu me chamará para fora como música. E depois, olha! Vês, lá longe, o campo de trigo? Eu não como pão. O trigo para mim é inútil. Os campos de trigo não me lembram coisa alguma. E isso é triste! Mas tu tens cabelo cor de ouro. E então serás maravilhoso quando me tiverdes cativado. O trigo que é dourado fará lembrar-me de ti. E eu amarei o barulho do vento do trigo.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...