terça-feira, fevereiro 12, 2013

Moda: 10 itens que não podem faltar no guarda-roupa de um roqueiro


1) Acessórios
Roqueiro que é roqueiro preza o uso de acessórios. Não é preciso mais do que um bracelete de couro para indicar que o rock vive na alma de alguém. Imagine uma mulher vestindo um tailleur e usando acessórios de couro? Não lembra estilo roqueiro? Claro que quanto mais itens, melhor. Muitas pulseiras, colares, brincos grandões. Mas nada delicado. Melhor os prateados e que lembram correntes. Cintos e óculos escuros, de preferência o tradicional Ray-Ban, também completam o look. 

2) Bandana 
Outro item que ajuda a reconhecer os roqueiros. Axl Rose, vocalista da banda Guns´n´Roses ajudou a popularizar a peça. Muitos dizem que ele usava na cabeça para esconder sua calvície. Originalmente foi usada como proteção contra a poeira em cavaleiros no século 19. Nos anos 1990, a bandana preta com estampa de caveiras foi muito popular. 

3) Cabeleira
Apesar de não estar mais em alta, a vasta cabeleira, principalmente para os homens, ajudou a consolidar o visual roqueiro. Os críticos mais radicais afirmam, inclusive, que muitos músicos fizeram fama às custas das suas madeixas. O vocalista da banda Skid Row, Sebastian Bach, era chamado de Barbie por alguns colegas, devido ao longo cabelo loiro, que mantém até hoje. 

4) Calça justa
De couro ou outro material bem justo, ficaram populares nos anos 1990 com as bandas chamadas de poser , que adotavam visual bem chamativo. 

5) Camiseta de banda
Em qualquer show de rock, não importa o estilo, lá estão elas, mostrando a preferência musical. A peça que ganhou status de rebelde ainda nos anos 1950, virou item do guarda-roupa roqueiro com as estampas de símbolos e nomes de bandas. Hoje são usadas por modernos, sejam do mundo da música ou não. 

6) Coturno ou bota
A peça, tirada do uniforme militar, virou mais um item do look rebelde dos roqueiros. Até hoje faz parte do figurino de cantoras como a baiana Pitty, que usa o acessório até com microssaias. 

7) Jaqueta de couro
O modelo Perfecto, aquela que tem fechamento cruzado na frente com zíper, anda por aí desde a década de 1950. Não foram os roqueiros que a lançaram para a fama, mas sim o cinema, quando Marlon Brando, na pele de um motoqueiro, usava a peça com jeans e camiseta branca em O Selvagem (1954). 

8) Metais
A jaqueta de couro e outros acessórios no material ganharam tachas de metais que ajudaram a reforçar o visual dos roqueiros. Até hoje, cintos com tachas figuram entre as coleções e são imediatamente associados ao gênero musical. 

9) Preto
A cor associada ao luto foi imediatamente adotada pelos roqueiros para simbolizar sua ligação com o lado oculto, a morte e as criaturas fantásticas. Além disso, ajudou a reforçar a sensualidade que sempre esteve associada o gênero. "O negro e a escuridão parecem elementos necessários à fantasia de que o mal é sexy", escreveu John Harvey no livro Homens de Preto (2004). 

10) Roupas rasgadas e desfiadas
Herança dos punks, as roupas rasgadas vestiram músicos de todos os gêneros. As mulheres ajudaram a popularizar. Além do jeans e das camisetas puídas, as meias-calças ou peças transparentes também ganharam novo visual rasgadas.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...