terça-feira, janeiro 29, 2013

Por Sam Rodrigues: Razão e emoção


As pessoas vivem lutando contra seus instintos, tentando se adequar a regras de um jogo que eu, sinceramente, nunca aprendi a jogar. Eu não sou uma selvagem, muito pelo contrario, em alguns aspectos sou até bem 'caretinha'. Mas, me nego, não sei como fazer para ser aquela bonequinha de porcelana que na verdade é apenas um robô programado para ter as atitudes certas, na hora certa. Uma puta de uma chatice! 

Emoção faz bem, adrenalina vicia e ninguém merece viver no que é previsível. Eu quero surpresas! E quero surpreender também. Quero continuar sendo espontânea, não me importo em não ser perfeita, porque tenho muito claro em mim que isso é impossível. 

Vamos beijar mais, transar mais, comer mais, mas também, correr mais, trabalhar menos, dormir mais nas horas chatas e passar noites acordados, quando isso não der prazer. Vamos sentir tudo na pele, afinal, não sabemos por que estamos aqui, então deveríamos conhecer o máximo de coisas possíveis. Caso nossa jornada não tenha sentido nenhum, pelo menos terá valido a pena a estadia

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...