domingo, janeiro 16, 2011

O trabalho que dignifica o homem


Aldori Salvador Fagundes tem uma vida dedicada ao comércio dos lanches. "Eu gosto de trabalhar nas lanchonetes, eu gosto de fazer e vender. Não tem coisa melhor pra mim", afirmou Fagundes, que nasceu no ano de 1948 em Cruz Alta no Rio Grande do Sul e reside aqui em Criciúma de 1995.


De família humilde, começou a trabalhar cedo para ajudar os pais. O tempo foi passando e Fagundes entrou numa Fábrica e lá ficou até 1987. Quando resolveu sair da empresa, comprou uma atafona – máquina para fazer farinha de milho -, e começou a fazer almoços e lanches. “Na minha cidade, não tinha ninguém que fazia isso, aí eu comecei a fazer almoço na parte da manhã e x-salada na parte da noite”, relembrou Fagundes.


Esse hábito de vender lanches, durou oito anos na cidade gaúcha. Em 1995, sentindo a situação difícil de arrumar emprego para seus filhos, Fagundes, conseguiu um cargo aqui em Criciúma, com isso, resolveu se mudar. “Eu aproveitei a situação e me mudei. Consegui uma vaga de motorista da rádio Eldorado. Eu trabalhava à tarde e vendia lanche de noite”, enfatizou.

Confira a matéria completa no portalsatc.com



@mateusmastella

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...