quarta-feira, novembro 24, 2010

Vereador solicita intervenção do Ministério Público em construção de creche em Estação Cocal

Apesar de parte da obra em Estação Cocal já estar pronta, ainda resta muito trabalho para que a creche possa funcionar. Com mais de 30 dias sem ninguém trabalhando no local, o vereador Jacks Soratto (PMDB), tomou a iniciativa de requerer junto ao Ministério Público um acompanhamento do caso. Em maio deste ano a administração municipal, respondendo pedido de informação da bancada de oposição, garantiu que até o fim de 2010 a unidade estaria pronta e inaugurada.

Apesar do convenio com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação(FNDE) para a construção da nova unidade escolar pública de educação infantil (ProInfância) no distrito, que atenderia, segundo a atual gestão, 150 crianças já em 2011.


A demora no andamento da obra fez com que mais uma vez o assunto fosse pauta na câmara de vereadores. “Tendo em vista a resposta da prefeitura de que a creche estaria pronta ainda este ano, eu estou solicitando o acompanhamento do M.P, para que quem sabe os responsáveis pelo atraso e interrupção da obra possam nos dar alguma resposta”, justifica Soratto, lembrando que a iniciativa visa também garantir a matricula das crianças no próximo ano. “Muitos pais devem estar aguardando ansiosos por esta creche, sabemos da importância de uma unidade referencia como esta e dos benefícios que as famílias terão com ela. Por isso, na condição de vereador me sinto responsável em cobrar para que tão logo nossa comunidade esteja utilizando deste bem”, completou o vereador.


O vereador José Hugo de Rochi (PP), o Tacuia, líder do governo na câmara, disse que também já entrou em contato com todas as partes envolvidas na construção e destacou o não cumprimento de acordos por parte da empreiteira responsável pela obra. “Acho que este requerimento é pertinente, pois não podemos concordar com empreiteiras que se fazem de boazinha, jogam o preço para baixo ganhando licitações e depois deixam o poder publico com o ônus”, relatou Tacuia. “Já cobrei dos órgãos competentes e inclusive a empresa vem sendo notificada pelo atraso. Se a obra não reiniciar logo, se tiver que cancelar este contrato que assim seja, mas esta creche não pode ficar parada”, concluiu.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...