terça-feira, novembro 23, 2010

Esporte: Altos salários atrapalham o Criciúma


Cogitado no fim da tarde como um candidato a técnico do Criciúma, Osvaldo Alvarez, o Vadão, está descartado. "Trata-se de um profissional consagrado, mas muito acima das nossas condições financeiras", afirmou o gerente de futebol Homero Santarelli. Especula-se que na Portuguesa, seu último clube, Vadão recebia cerca de R$ 80 mil mensais.

Por outro lado, embora Santarelli não confirme, as conversas com Toninho Cecílio retrocederam no final de semana, devido a alta pedida salarial do profissional. Segundo informações da imprensa paulista, o treinador recebe cerca de R$ 50 mil mensais no São Caetano.

Outros nomes do futebol paulista, como Marcelo Veiga, que treina o Bragantino; Jair Picerni, do Santo André; e Sérgio Guedes, da Portuguesa, são lembrados no Heriberto Hülse. "Nosso plano A é um grande treinador", limita-se a dizer Santarelli.

O Criciúma poderá anunciar seu novo treinador até o final desta semana. Oficialmente, porém, o clube trabalha com a data limite de 30 de novembro.

@mateusmastella

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...