terça-feira, julho 27, 2010

Dani, o guitarrista do NxZero, entre razões e emoções

A alguns dias de se apresentarem em uma das maiores festas do sul catarinense, a Festa do Vinho, Dani – baterista do NxZero – afirma que em 2011 a banda terá um projeto especial em comemoração aos 10 anos de banda. Eu particularmente acredito que a banda deve vir com um CD e DVD Acústico, pois nesse formato alguns de seus sucessos tiveram ótima repercussão na mídia caindo como uma luva na divulgação do trabalho.

Seria mais um desafio, desligar todo o peso da bateria e das guitarras nas canções e manter toda a pegada característica do grupo. E o vocalista Di Ferrerro, como ria trabalhar a voz? Que venha o acústico!


Por falar em desafios, imagino ter sido muito difícil aguentar a pressão de derem sido acusados de plagio pelos norte-americanos do Taking Backing Sunday e terem todo o seu trabalho questionado. A banda se comportou discretamente e resolveu o fato sem qualquer alarde e sem qualquer punição pelos veículos dos direitos autorais
.


Desafios e trabalhos que vem numa seqüência a provar que o destino dos rapazes é mesmo o estrelato, são inúmeras a indicações e prêmios conquistados, sem contar as aparições na mídia!


Leia agora a entrevista em que o guitarrista do NxZero fala sobre o começo da carreira, as realizações e sobre um provável DVD ao vivo para 2011.


Marlon L - A banda surgiu em 2001, em apenas 9 anos a banda se tornou um dos grandes ícones do rock brasileiro. Como explicar o sucesso?

Dani: Todos nós somos apaixonados por musica, desde moleque e sempre quisemos isso, se divertir tocando e os cinco sentiam e sentem isso, acho que é por isso!

Marlon L - Se não em engano no começo da carreira você é que vendia os shows do grupo. Na época estavam surgindo muitas bandas na linha do NxZero, qual era a receptividade dos contratantes? Onde e como foi o primeiro grande show?

Dani: Eram pequenos contratantes em pequenas casas, então era na maioria das vezes moleques, então tinham banda e sabiam como funcionava, a correria e o nosso primeiro grande show foi com o CPM no Parque Antártica.

Marlon L - O NxZero foi a primeira banda independente a liderar o extinto Disk MTV. Comprovando uma essência e sabendo administrar a carreira desde o começo, em que momento a banda passou a notar o sonho realizado?

Dani: Isso é um lado engraçado por que estávamos do lado de dentro, é difícil vermos, mas quando vemos de fora, por exemplo, assistindo o DVD, e é claro quando começou a encher os shows e ver todos cantando, fica claro que estamos realizando nosso sonho e muito felizes com isso!

Marlon L -
Em janeiro de 2009 a banda norte-americana Taking Back Sunday acusou de plagio da musica “Make Damn Sure”. Rick Bonadio disse no Zona Punk que é inevitável melodias não terem trechos parecidos pelo mundo.
O NxZero não teve nenhum tipo de punição. Como o fato repercutiu nas rodas de conversa da banda?

Dani: Por ter sido uma coincidência resolvemos a situação diretamente com o Taking Backing Sunday.

Marlon L - A banda já teve 5 musicas como mais tocadas no país! As composições dos trabalhos são da banda? Os arranjos sofrem interferência da banda durante a produção?

Dani: Sim, as composições são todas nossas e fazemos todos os arranjos em estúdio durante a pré-produção.

Marlon L - Algum trabalho previsto para os 10 anos de Banda? Você confirma a possibilidade do acústico?

Dani: Estamos sonhando em lançar um DVD ao vivo ano que vem!

Marlon L - Você tem algum trabalho fora do NxZero?

Dani: Apenas hobbies de tocar com os amigos e fazer gravações no meu ‘estudiozinho’

Marlon L - Vocês fazem parte da nova geração da musica brasileira, dentre essas quais você costuma ouvir?

Dani: Jorge Bem, Rappa, D2, Pitty e por ai vai!


Um comentário:

  1. Os caras surgiram e estouraram rápido, devem ter os seus méritos. Mas a história do plágio está mal contada, coincidencia demais.
    Show em Urussanga, mais um motivo para não ir na festa do vinho.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...