terça-feira, maio 25, 2010

O carisma de Thedy Corrêa e frase de Carlos Stein no show do Nenhum de Nós, em Morro da Fumaça, foram os destaques festivos do final de semana

Os gaúchos do Nenhum de Nós se apresentaram em Morro da Fumaça na ultima sexta-feira (21) na festa dos 100 anos de colonização da cidade. Muitas poucas bandas exercem um domínio tão grande sobre o seu publico, Thedy Corrêa quase que chama as pessoas pra cima do palco ao mesmo tempo em o transporta para as historias descritas em suas musicas, tamanho o nível de concentração dos presentes nos integrantes da banda. Um exemplo disso é a clássica introdução, feita nos shows, em “Julho de 83”, experiência e presença de palco vinda do tempo em que as bandas surgiam com a idéia de que suas guitarras e suas letras poderiam mudar o mundo.


São 4 cd’s ao vivo, 3 desses são acústicos, isso é bem incomum, não acham? São eles: Nenhum de Nós Acústico, Acústico 2, A céu aberto, Acústico Paz e Amor.
“No primeiro acústico nos estávamos procurando fazer uma manutenção de custos, algo barato. Olha que curioso, fomos a primeira banda do Brasil a gravar um acústico. Não foi algo muito bom, foi ruim, já o ‘Acústico 2’ foi um dos maiores sucessos da banda”, comentou Carlos Stein, guitarrista do NDN.
O segundo acústico foi realmente muito bem feito. As rádios, pelo sul e por todo o Brasil, tocaram varias musicas do álbum que chegou a alcançar o disco de ouro.
“Costumamos tocar la no teatro em Porto Alegre, sempre que tocamos la acabamos por arquivar isso dessa forma”, afirmou Thedy Correa.
É certo de que o NDN é uma das bandas que melhor se adaptou ao formato, isso me deixa ansioso em saber o que será feito em comemoração aos 25 anos da banda, novidade que eles sabem surpreender o publico já não é tanta novidade, né!?

Nota do blog: Que relação poderia ter Thedy Correa com minhas letras de musicas e meus poemas? Aguardem!

Abraços da semana:
Duda Produções, Djalma (Professor de musica em Morro da Fumaça), Samuel e todos que participaram da ‘rodinha’ quando a banda Matusa tocou Raimundos. Todos que me aturaram no começo da fila para o show, Patrícia, Vânia e o pessoal do Fã Clube Feedback. Não poderia esquecer dos seguranças do evento (risos), todos “tiozinhos” segundo a Patrícia que acabei de citar. Minha amiga Karem. A vocês que sempre aparecem no msn para comentar para mim e que sempe me acompanham nos eventos!

“Vamos destrancar as grades do convento e as celas do presídio, tirar das costas esse peso. No empurra-empurra de freiras e marginais, ninguém será capaz e provar quem tava preso” (Jay Vaquer)

2 comentários:

  1. O show foi mesmo excelente e o Fc Feedback como representando da banda aqui no sul estava lá.
    Eu é que tenho de agradecer por poder assistir aos shows do Nenhum sempre acompanhada de pessoas tão maravilhosas, uma delas é tu,é claro! Que venham muitos shows por aqui.

    ResponderExcluir
  2. Não pude comparecer ao show, mas pelo que a minha amiga Vânia me disse foi um show sensacional. Não poderia dixar de ser pois esses caras são demais, super gente boa, engraçados ainda mais quando nós, loucos do feedback nos juntamos a eles. hehehe.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...