sexta-feira, dezembro 18, 2009

Dado Villa-Lobos: O Ex-integrante da Legião Urbana mostra sua própria identidade

Essa é para quem pensava que a Legião Urbana era apenas Renato Russo. Dado Villa-Lobos lançou em 2005 o CD "MTV Apresenta Dado Villa-Lobos Ao Vivo Jardim de Cactus" gravado no Teatro Dulcina, no Rio de Janeiro. O disco veio a provar que a individualidade de cada integrante da Legião Urbana formou essa que foi, e ainda, é a maior banda de rock do Brasil.

Com características próprias e uma abrangência única sobre vários temas, Dado continuou a surpreender ao lançar o seu segundo CD intitulado "Jardim de Cactus", só que agora na versão estúdio.
Em seu trabalho nos faz pensar num futuro sem esquecer do passado com belos encaixes de letra e arranjo. Canções envolventes ao ponto de nos identificarmos com alguma coisa a cada faixa do disco, o que não torna o disco repetitivo, mas único e com um belo futuro. É bem produzido, tem músicos da mais alta qualidade.


Como Dado admite no seu texto "Introdução ao Jardim de Cactus", talvez o fato de ter convivido tanto tempo com Renato, "um grande cantor, o maior...", o tenha inibido a soltar a voz até agora, suave, bem colocada. Daí ter passado quase dez anos, desde a morte do amigo, ou quase quatro anos, desde que começaram os trabalhos.

Enrolando em grande estilo, que fique claro: compondo as trilhas dos longas "Bufo & Spallanzani" e "O homem do ano", produzindo Toni Platão e Devotos, excursionando com os irmãos dos Paralamas do Sucesso, astral total. Por isso, o CD soa tão pronto, tão bem acabado, graças ao vagar da produção dividida com Carlos Laufer. De quebra, o CD tem Beto Guedes e Caetano Veloso ("Luz e mistério") e Frédéric Chopin (Estudo nº 3, Opus 10, gravado por seu pai, o pianista Jayme Villa-Lobos).


Entre as participações: Paula Toller, ToniPlatão, Fausto Fawcett, Humberto Effe, Thalma de Freitas, Cecília Spyer, Amanda Telles e... Chico Buarque. É, ele, o autor de "A banda" e "Budapeste". Chico recita Ivo Barroso e canta, em "Natureza".


Acompanhe agora entrevista com Dado Villa-Lobos:


Marlon L - Qual foi sua maior dificuldade e o que serviu de força após o fim da Legião Urbana?
Dado Villa-Lobos - A perda do Renato foi o pior , nada mais alem disso, uma imensa tristeza sem fim... Eu já tinha uma certa estrutura fora da Legião, meu selo Rockit!, tocava em outros projetos com o Fausto Fawcett, basicamente o que me deu força p superar esse trágico fim.

Marlon L - Após a apresentação no Porão do Rock em que você com Marcelo Bonfa e convidados se apresentaram com o nome Legião Urbana (conforme noticiado) apareceram muitos rumores de que a Legião Urbana voltaria a se apresentar. O que existe de verdade nisso? Já existiu realmente algum projeto do tipo?
Dado Villa-Lobos - O porão do rock estava festejando 25 anos do "Rock de Brasília" e nossa ausência seria lamentável, foi super bacana e deu para perceber novamente a força do nosso repertorio, pensamos em talvez repetir essa idéia de celebração e festa com tudo o que representa até hoje a mística da Legião, voltar jamais! Apenas a possibilidade de festas pontuais durante 2010.


Marlon L -
Depois de vários anos e varias participações em trabalhos de outros artistas, você gravou o "MTV Apresenta: Dado Villa Lobos ? Jardim de Cactus ? Ao Vivo", teve algum fato predominante que te levou a gravar?

Dado Villa-Lobos - Seria a ultima e derradeira fronteira do mundo da musica, eu mesmo cantando e interpretando minhas próprias canções, foi chegado o momento , o repertorio ficou pronto, surgiu a idéia de registrar e assim foi.

Marlon L - Você pareceu muito à vontade, o trabalho teve varias participações especiais, como foi a organização do show em que foi gravado o CD? Você ajudou na construção do trabalho?
Dado Villa-Lobos - Bem eu idealizei o que seria o espetáculo e me cerquei dos meus melhores amigos e companheiros de sempre, estavam praticamente todos lá, Maneco Quinderé fez a Luz, Mini Kerti e Luiz Zerbini na co direção e cenários e todos que dividiram o palco naquela noite...grandes parceiros.

Marlon L - Você ta com o trabalho "Jardim de Cactus", o que o torna diferente do anterior?
Dado Villa-Lobos - Esse lançamento recente do "jardim de cactus" é o disco de estúdio que deu origem ao DVD ao vivo, acho que deve ter sido a primeira vez na história da industri fonográfica que o disco de estúdio saiu depois do ao vivo, muito louco.


Marlon L - Te incomoda o fato de tentarem comparar seu trabalho ao da Legião Urbana?
Dado Villa-Lobos - Não claro que não! A Legião é incomparável! Eu sou parte daquilo tudo, não esqueçamos isso...muito natural apesar de não ver tanta semelhança assim.
Marlon L - Vejo uma fidelidade muito forte dos seus fãs com o seu trabalho, lembras de algum show que retrata isso?
Dado Villa-Lobos - Acabei de tocar em São José do rio preto para 2.000 pessoas e foi genial, um público focado e atencioso, o maior respeito e grande emoção, assim fora sempre em geral.


Marlon L -
Quais os seus próximos projetos?

Dado Villa-Lobos - Um novo disco para o ano que vem e no momento estou trabalhando na trilha sonora de um longa chamado "Malu de bicicleta".
Marlon L - Tem shows previstos para Santa Catarina?
Dado Villa-Lobos - Adoraria poder chegar aí nesse estado que eu adoro, mas infelizmente ainda aconteceu.

3 comentários:

  1. aaa Dado vem pra Santa Catarina cara! você é demais! Força Sempre ♥

    ResponderExcluir
  2. Olá Dado, meu nome é Richards e faz tempo que eu tento entrar em contato com Você e o Marcelo, mas ainda não deu.A Legião nos deixou órfãos e desde então muito pouco se acrescentou no cenário da música desse país, salvo Você Dado e uns póucos músicos do seu calíbre. Sou de Joinville e na minha adolecência a Legião era a minha religião, sou músico e devo parte disso a Vcs, obrigado por esse legado maravilhoso. Se Você se interessar pode acessar algumas músicas minhas no you tube que são: Além dos sonhos e Meu domínio, estão com Richards como autor, se der me deixa um recado cara, meu email é richardsgregor@gmail.com. Valeu sexta dia 13 Você vai tocar em Joinville SC eu vou estar lá e isso é um sonho,. Foeça sempre!

    ResponderExcluir
  3. O Rock nesse país teve uma fase: ante e depois da Legião Hurbana

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...