terça-feira, janeiro 01, 2013

Sam Rodrigues: É possível acreditar na tranquilidade de uma vida em paz?


Eu juro que por muito tempo achei que deveria mudar, endurecer, ser alguém mais forte. Eu não sabia que ser eu mesma, que demonstrar meus sentimentos e minhas opiniões já era muita coragem, muita ousadia. Eu achava que teria que me adaptar, aceitar as coisas horríveis pra sobreviver. Eu não sabia que tinha liberdade pra mudar a situação, pra me aceitar, pra ser uma pessoa melhor. 

Eu quero ser assim! Quero acreditar nas coisas boas, no amor, na amizade verdadeira, na verdade, na tranquilidade de uma vida em paz. 

A mídia tenta te vender uma personalidade pronta, trabalhar, trabalhar, produzir, produzir, ser o melhor profissional, viajar o mundo, beber bebidas caras, andar em carros maravilhosos e sair com pessoas lindas. Mas a mídia não mostra que gente assim chega em casa e toma Rivotril, que passa aniversários esperando ligações e que nem fala com os próprios pais. A mídia não mostra que aquela pessoa que não foi o melhor profissional da área e nem viajou o mundo todo é a que chega em casa recebida por um cachorro balançando o rabinho, uma criança melequenta, mas muito bem educada e uma mulher que tem o corpo meio flácido, mas o coração gigante. 

Os filmes mostram caras babacas se transformando em príncipes. Isso nunca irá acontecer. Um idiota sempre será idiota. Um homem de valor, sempre terá valor. Não importa o quão boa você seja, ele não vai mudar por você. Mude você por você e encontre alguém que preste. 
Temos que ter a ousadia de ser verdadeiros nesse mundo de imagem onde uma telinha brilhando te diz o que fazer.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...