quarta-feira, janeiro 09, 2013

Sam Rodrigues: Alguém pra poder rir e chorar

Ela sempre desejou, acima de qualquer coisa, uma boa companhia. Ela sabia viver sozinha, gostava de passar horas trancada em seu quarto, lendo, vendo filmes, sem dizer uma palavra. Mas quando saia do seu mundo de fantasias o que ela mais pedia para o universo era uma boa companhia. Alguém pra conversar sobre aleatoriedades do dia-a-dia, gostos em comum ou não. Para contar os sonhos, os pesadelos, as histórias, aventuras que viveu ou fantasiou.

Para o assunto então mudar para algo mais filosófico, como Deus, a origem do universo e a morte. E depois para o assunto voltar a ficar ameno, como o que irão fazer nas próximas horas. Ela não queria alguém perfeito, que fosse sua outra metade.

Ela queria uma boa companhia. Alguém que não tornasse o ar irrespirável, o clima tenso e o assunto monótono. Alguém que ouvisse com curiosidade e falasse com empolgação. Alguém pra poder rir e chorar. Porque ela sabia, sempre soube, que ficar sozinha é muito bom, mas as melhores coisas do mundo acontecem quando estamos em boa companhia.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...